Buscar

AULA DANÇA CLÁSSICA INDIANA

Atualizado: Abr 15


Aulas de Dança clássica Indiana. 💃 Professora Ananda Govinda

Venha fazer parte desta linda Dança milenar sagrada


⚜Local: @institutoluanova Lauro de Freitas - Praia de Ipitanga.


Informações: 71- 99116 - 9374 (profa. Ananda Govinda)



MUDRAS: As mãos são poderosas ferramentas de defesa, de cura, de comunicação física e espiritual e acima de tudo são meios de manifestar a criação. Na dança clássica indiana, a mão ganha um alfabeto de posturas que traduzem diversos significados. É um verdadeiro dicionário que o bailarino estuda para traduzir palavras em sinais que carregam toda história da dança. Em cada coreografia são contadas histórias sobre a vida das divindades, todas através da interpretação e destas linguagens de sinais que são os mudras. Quando usados na dança indiana, os Mudras frequentemente são chamados de Hastas, sânscrito para "mãos". Eles são divididos em diversas categorias, como gestos com uma mão só, com as duas mãos combinadas, gestos que significam divindades, entre outros. São 28 Mudras com uma mão só, 24 com mãos conjugadas entre outros.


Nosso Instituto abriu as portas para as danças e movimentos ancestrais, desde sua inauguração durante dois anos abrindo turmas, realizando aulas públicas e experimentais, buscamos incluir uma rotina de dança, movimento que cuidasse do corpo físico e principalmente dos outros corpos sutis, propiciando cura em outros níveis. Finalmente em 2016, foi possível acrescentar à rotina da agenda de atividades fixas todas elas.

Isso só foi possível porque iniciamos parcerias com profissionais que desejassem, através desta arte/cultura milenar, o mesmo efeito no outro que o Instituto Lua Nova pretendia. Abrimos turmas para Dança do Ventre, Dança Indiana, Dança Circulares e Hatha Yoga. A esse grupo de atividades nominamos de Grupo de Dança e Movimento.

A seguir trago para vocês um pouco da história de cada uma das danças, benefícios e seus efeitos na humanidade, a partir de busca realizada na web de sites

Desfrutem conosco do prazer de dançar, mexer o corpo em movimentos rítmicos e/ou meditativos, exercícios de equilíbrio e entenda a abertura espiritual que estas artes nós trazem.


Namastê, Márcia de Andrade Macêdo

A professora Ananda Govinda é coreógrafa e dançarina de Dança Clássica Indiana estilo Bharatanatyam desde 1997, nasceu e morou no movimento Hare Krishna (filosofia Védica) durante sua infância. Fascinada pela cultura Hindu sempre gostou de estudar os Vedas, sua mitologia e espiritualidade. Conheceu a Dança Indiana com seis anos de idade (foi paixão a primeira vista) e decidiu se aprofundar nos estudos das Danças clássicas participando de workshops pelo Brasil. Com oito anos de idade fez sua primeira apresentação profissional no teatro ACBEU em Salvador-BA, com mais de 50 profissionais da dança de todo o país.



DANÇA CLÁSSICA INDIANA

O domínio colonial da Índia levou ao lento desaparecimento da dança clássica, a qual, quando o País ganhou sua independência foi revivida. O espírito de rejuvenescimento tem ajudado a Dança Clássica Indiana a atingir um importante lugar no mundo cultural.


A dança mais popular da Índia é a Bharathanatyam. É uma dança clássica tradicional, onde os dançarinos fazem lindos e suaves movimentos e poses. As letras deste tipo musical falam das grandes realizações de deuses e heróis da mitologia. Esta dança surgiu há mais de 5 mil anos no sul da Índia e influenciou outros estilos de dança em várias regiões da Índia e do continente asiático.


A dança clássica indiana sofreu uma série de mudanças ao longo dos séculos. Originária da cultura hindu, e totalmente ligada à espiritualidade, hoje em dia é possível ver a dança indiana moderna como uma união de várias influências.


A dança indiana é uma ótima pedida para aqueles que desejam trabalhar não só o corpo, mas também as emoções. Além disso, a modalidade oriental desenvolve a graciosidade e estimula a concentração, além de encantar quem a assiste. Aperfeiçoada ao longo dos anos, a prática milenar mantém e divulga a cultura hindu pelo mundo, constituindo-se numa verdadeira filosofia de vida, a fim de integrar o corpo, a mente e o espírito, com ensinamentos baseados na verdade universal.


A dança indiana, inicialmente, foi criada não só para entreter, mas também para educar o povo, contando a história dos deuses, em meio à muita música, movimentos ágeis e precisos, complementados por expressões fortes, além do visual colorido na maquiagem e nas vestes. Segundo escrituras milenares, a dança foi inventada pelo deus Brahma, o senhor da criação, que retirou cada componente dos livros sagrados hindus, os Vedas: a música do Sama Veda; a poesia e a prosa, do Rig Veda; o gestual e a maquiagem, Yajur Veda e a representação dramática, do Atharva Veda. Sendo assim, a dança é considerada pelos orientais como sendo perfeita.


Variando de acordo com os costumes de cada região, a dança clássica indiana se divide em sete estilos: bharathanatyam, kathak, odissi, manipuri, kathakali, mohiniyattam e kuchipudi.

Por ser muito completa, ela exige um tempo grande de aprendizagem, mas vale a pena experimentar, pois são muitos os seus benefícios. Por ser uma atividade aeróbia, a dança indiana favorece o funcionamento do coração e aumenta a capacidade pulmonar, bem como exige uma postura correta, ajudando a alinhar a coluna e, assim, trazendo equilíbrio à estrutura óssea. Isso no campo físico. No emocional e mental, aprende-se muito sobre os sentimentos, possibilitando que se identifique sua origem e saiba como controlá-los, através do pensamento e da respiração. A concentração também é outro elemento indispensável nessa arte, revelando-se como grande educadora da mente. E uma de suas principais lições é o de vivenciar o presente. Mas não de forma superficial, mas sim, com toda observação e calma, sem ficar remoendo o passado e nem pensando no que pode vir a acontecer no futuro. Por isso, a dança é ótima para trabalhar a ansiedade que, em alguns, é quase que constante.

Principal fonte: Mundo da Dança - www.mundodadanca.art.br


Conheça os Benefícios de praticar a Dança Indiana






Se você gostou deste post e das aulas, quer fazer algum comentário ou tirar alguma duvida. Faça aqui no site.

22 visualizações

© 2019 Todos o Direitos Reservados ao Instituto Lua Nova ®.

CNPJ: 37.703.988/0001-65

R. Viviane Vieira Pedreira, nr - 20-2 - Praia de Ipitanga, Lauro de Freitas - BA, 42700-000

Telefone: (71) 98806-0907

Desenvolvido por Agência maissucesso

whats.png